Resenha: Hackeando Tudo

Título: Hackeando Tudo
Autora: Raiam Santos
Páginas:151
Editora: eBook
Ano : 2015
Classificação: 5/5

Sinopse: Com exemplos concretos, aplicações reais e linguagem bem informal e autêntica, o jovem escritor Raiam Santos ensina a lidar com alguns dos grandes problemas enfrentados diariamente pela geração Y. 
Raiam passou meses lendo biografias e estudando os hábitos diários dos maiores nomes da literatura de auto-ajuda da atualidade como Tim Ferriss, Anthony Robbins e SJ Scott e das pessoas mais bem sucedidas da historia da humanidade como John D. Rockefeller, Michael Jordan e Steve Jobs.
Raiam conseguiu adaptar certas rotinas diárias dessas personalidades para seu dia a dia e agora compartilha suas experiências depois de ter aplicado tais hábitos em sua vida pessoal.
Ao longo do livro, o autor combate sua dependência de aparelhos eletrônicos e de redes sociais como Facebook e Whatsapp, domina os fantasmas da procrastinação, multiplica sua produtividade no trabalho, remedia sua falta de perspectiva para o futuro, supera a depressão, e mergulha fundo em assuntos obscuros para a juventude brasileira como meditação , investimentos e livros.

Das muitas alegrias que a leitura me proporciona gosto especialmente das surpresas. A surpresa de um final inesperado, a sensação mágica de ser surpreendida com uma frase lindamente escrita, a paixão inusitada que nasce por um livro de capa feia, o espanto de me ver cativada por um autor de quem eu nada esperava. Mas, nenhum dos exemplos citados chega aos pés da surpresa que sinto quando um livro supera as altas expectativas que eu tinha a respeito dele. Felizmente Hackeando Tudo foi muito além das minhas expectativas e consequentemente me inundou com a melhor das sensações: a surpresa.
Bom, depois de assistir alguns vídeos do Raiam Santos no Youtube dei de dar uma olhada no blog dele (www.mundoraiam.com) e descobri que como eu ele era um leitor compulsivo e, mais do que isso, era um escritor. A partir daí me vi procurando por seus livros e com expectativas tão grandes que me davam medo de iniciar a leitura de uma das suas obras. Confesso que depois que adquiri a sua primeira obra demorei mais de um mês para tomar coragem e lê-la, devido ao receio de me frustrar. Grande foi o alívio quando desde a primeira página a leitura me cativou. 
                                              Você é dono do seu destino
Com uma linguagem coloquial, um jeito irreverente e com o estilo carioquês de ser, o autor começa sua obra dividindo com o leitor o que o motivou a escrever o Hackeando Tudo, e nesse ínterim fala um pouco sobre a sua vida pessoal e emocional durante a época em que voltou ao Brasil depois de longos anos de sucesso acadêmico e profissional nos Estados Unidos. Esse momento difícil da sua vida é compartilhado com tamanha honestidade que o leitor facilmente pode se ver sensibilizado e identificado. Por outro lado, uma guinada também é relatada.
Por meio da leitura de dezenas de livros e observação atenta o autor percebe a existência de noventa hábitos capazes de mudar a vida de uma pessoa – ou o rumo da nossa geração, como diz a capa. Assim sendo, ele os reúne e dá vida ao Hackeando Tudo, o livro motivacional mais direto e prático que já li. Dessa forma, Raiam escreve os “hacks” pincelando-os com suas experiências pessoais e assim dá credibilidade ao que escreve, visto que ele fala por experiência própria. Igualmente, despido de eufemismos, ele também divide conosco as dificuldades e derrotas enfrentadas. Em virtude disso, o leitor é sutilmente motivado ao ver que as mudanças de hábitos propostas foram incorporadas na vida do autor e o ajudaram a tornar-se um ser humano mais produtivo e feliz.
O que você quer da vida? Independência geográfica? Produtividade? Grana no banco? Reconhecimento? Corpo perfeito? Um trabalho legal? Felicidade? Tudo isso começa por um simples hábito diário.
A obra é dividida em cinco capítulos sendo que cada um traz consigo vários “hacks” sobre um determinado assunto. O primeiro capítulo abrange o tema da produtividade, o segundo discorre a respeito da saúde, o terceiro fala sobre a cabeça, o quarto é relativo aos relacionamentos e o quinto apresenta dicas referentes as finanças. De maneira despretensiosa e inteligente as dicas vão sendo passadas a nós como em uma conversa onde há palavrões, gírias, histórias curtas e interesse em ajudar o interlocutor. No fim das contas o Raiam pode não ser o autor do livro Um Sorriso ou Dois, mas também é capaz de arrancar várias risadas do leitor.
Cada “hack” é numerado e traz abaixo do seu número a frequência com que deve ser praticado e o tempo necessário para executá-lo. Outra particularidade do livro são as sugestões de aplicativos que prometem colaborar com uma rotina inovadora. Além disso, o autor faz menção a uma série de livros e autores de renome, característica que dá coerência a sua proposta e aumenta ainda mais a credibilidade do que diz. Ademais, percebi ainda que há muito do Raiam neste livro, talvez seja apenas o meu sentimentalismo exacerbado falando por mim, mas tive a forte impressão de que Hackeando Tudo contém mente, alma e coração.
Reconheço que me identifiquei muito com a obra, uma parte de mim diz que isso se deve à minha luta contra o tempo, por sua vez, a outra admite que já praticava boa parte dos hábitos propostos. Aliás, admito que o capítulo referente à saúde foi um dos grandes ápices da leitura, pois ver um ser possuidor de juventude pulsante se preocupar com hábitos saudáveis endossou a minha teoria de que saúde preventiva não é coisa de terceira idade e sim de gente comprometida consigo mesma. Em contrapartida o autor também obteve sucesso em me fazer enxergar que eu estava errada em aspectos importantes da vida, os quais eu tão levianamente ignorava.
Para finalizar eu diria que Hackeando Tudo deixa a desejar na revisão, pois ora ou outra percebi palavras trocadas e alguns errinhos bobos, mas nada que de fato prejudique a leitura. Há de se salientar também que o livro não apresenta índice, mas fora isso não percebi mais nenhum defeito – a não ser, claro, o de me impossibilitar de tê-lo em minha estante, já que o livro só existe em formato digital. No mais, Hackeando Tudo é uma obra motivacional inovadora, autêntica e que agrega. Com certeza seria a minha sugestão para aqueles que ainda não tomaram o gosto pela leitura, uma vez que a obra em questão é de leitura hiper-rápida. Além disso, é um prato cheio para quem gosta do gênero autoajuda e fica como dica para os que não simpatizam muito com o gênero, mas apresentam a curiosidade de conhecê-lo um pouco.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial