Resenha: Jesus Copy


 
Título: Jesus Copy
Autor: Douglas Gonçalves
Páginas: 160
Editora: Sextante
Ano : 2017
Classificação: 3/5

Sinopse: 
“JesusCopy” tem como objetivo chamar todo aquele que se diz cristão ao compromisso real e revolucionário de ser como Cristo em tudo o que pensa, diz, faz e deixa de fazer. Porque, afinal, o que faz de alguém um cristão é o fato de ele ser uma cópia de Jesus.
Este livro é para os inconformados. Caso você esteja totalmente feliz com a situação da igreja e com sua vida espiritual, é possível que aquilo que lerá nas páginas a seguir não lhe cause nenhum impacto. Entretanto, se você está, como eu, desgostoso com a situação espiritual dos evangélicos, se o seu coração arde pela necessidade de um avivamento, de um movimento de santidade que transforme a Igreja e afete a sociedade como um todo... este livro é para você.

Suporte a Ausência de Sentido


 
Não sei lidar bem com a incerteza. Com a falta de segurança que o futuro parece deixar em minha cama a cada noite que vou dormir, quando consigo dormir. A dúvida que escancara meu desconhecimento e me envergonha diante de um simples ‘e se...’ quando achava que tinha todas as razões do mundo para os meus argumentos. Se minhas certezas são castelos, sua matéria prima é a areia e as dúvidas constantes da vida são as ondas que chegam à praia.

Resenha: Colheita de Ouro


 
Título: Colheita de Ouro
Autora: Tessa Afshar
Páginas: 336
Editora: Bvbooks
Ano : 2017
Classificação: 5/5

Sinopse: 
Uma Mensagem oculta, traição, oposição e um sucesso concedido por Deus, levarão a uma recompensa improvável. A escriba Sara casou-se com Dario, e as vezes ela sente que se casou também com a aristocracia Persa. Mas há outra coisa que ela não esperava em seu casamento – Sara começou a amar o seu marido. Ela tem riqueza, propriedades, honra e poder; mesmo assim assegurar o amor de seu marido parece impossível. E embora Dario tenha combatido em inúmeros campos de batalha, enfrentando inimigos cruéis, ele se vê diante de Sara com um medo que nunca havia experimentado antes – tudo porque ele deseja expressar a verdade para sua esposa.

Grito


 
Será que hoje foi um dia em que você quis gritar? Quis colocar tudo que estava dentro do seu peito para fora com toda a intensidade que poderia colocar num grito só? Um dia desses, mais cedo ou mais tarde, o grito vai vir à sua garganta, saindo com toda a potência do peito e então, como um foguete em direção aos céus, todas aquelas emoções irão rumar para o alto.

Gritar é uma coisa que a gente faz corriqueiramente. Seja para avisar alguém que está longe ou para, infelizmente, ofender quem está perto. Seja enquanto cantamos uma música que amamos ou quando vamos a casa de alguém que não tem campainha. Gritar é a liberação de uma energia física que se torna onda sonora, podendo essas ondas estarem repletas de emoções.

Resenha: Reflexões Sobre a Revolução na França


 
Título: Reflexões Sobre a Revolução na França
Autor: Edmund Burke
Páginas: 361
Editora: Vide Editorial
Ano : 2017
Classificação: 4/5

Sinopse: 
Um dos maiores clássicos do pensamento conservador, se não o texto fundador mesmo da concepção moderna de conservadorismo, estas Reflexões sobre a Revolução na França, do estadista irlandês Edmund Burke, foram feitas pelo autor a um correspondente seu na França em forma de carta, e posteriormente publicadas, até pela pertinência e assombrosa assertividade de sua análise dos fatos então recentes ocorridos na França. Esta edição, além de tradução direta do original e muitas notas explicativas, traz ainda um ensaio introdutório de João Pereira Coutinho, escritor e jornalista português especializado na obra de Edmund Burke.
Postagens mais antigas Página inicial